domingo, 4 de março de 2012

História da Avenida Paulista

paulista-inauguracaoJoaquim Eugênio de Lima inaugurou em 8 de Dezembro de 1891 a Avenida Paulista
o quadro de Jules Martin mostra as festividades de inauguração
(Acervo do Museu Paulista da Universidade de São Paulo)
foto do livro Álbum Iconográfico da Avenida Paulista de Benedito Lima de Toledoavenida paulista começo do século
Avenida Paulista inicío do século XX
foto no site Histórico Britânico
av-paulista-casaroes-1902casarões na Avenida Paulista em 1902
foto site da Sempla Prefeitura de São Paulo
av-paulista-1905Foto na mesma posição em 1905 mostra como já tinham aumentado os casarões
foto site da Sempla Prefeitura de São Paulo
bela-cintra-com-paulista-1911Esquina da Rua Bela Cintra com a Avenida Paulista olhando para o Paraíso
Foto de 1911 de Guilherme Gaensly
em Álbum Iconográfico da Avenida Paulista de Benedito Lima de Toledo
av-paulista_1928Avenida Paulista 1928, já congestionada
cartão postal disponível no site da Sempla Prefeitura de São Paulo
avenida-paulista-1935Vista aérea da Avenida Paulista do trecho que vai da Rua Minas Gerais à Rua Augusta
do lado direito, a grande construção é o Colégio São Luiz – ao fundo o bairro do Pacaembu
foto de 1935
em Álbum Iconográfico da Avenida Paulista de Benedito Lima de Toledo
A maioria dos casarões da Avenida Paulista foram derrubados, e no local onde a elite cafeeira paulista morou foram erguidos grandes edifícios, alguns mais antigos residenciais, a maioria comerciais, sedes dos bancos que atuam no país.
Na época dos casarões a Avenida Paulista era o local onde ocorriam os eventos sociais e esportivos , como a corrida de automóveis. O Trianon era o parque ingles da cidade, frequentado pelos moradores da avenida. Veja agora algumas fotos dos casarões, inclusive de alguns que permanecem, e do Trianon antes do alargamento da avenida (que ocorreu nos anos 60/70) e da construção do MASP. O escritório que mais fez projetos para a avenida foi o escritório de Ramos de Azevedo, que construiu algumas das casas que mostramos abaixo. Todas as fotos estão no Álbum Iconográfico da Avenida Paulista de Benedito Lima de Toledo.
paulista-ramos-de-azevedo
foto de 1921 da casa de Gabriela Dumont Villares que ficava na Avenida Paulista entre a Rua Minas Gerais e a Rua Augusta
projeto escritório Ramos de Azevedo
paulista-ramos-de-azevedo21foto de 1915 de outra casa projetada pelo escritório Ramos de Azevedo esta ficava na esquina da Rua Haddock Lobo com a Avenida Paulista e pertencia a José Cardoso de Almeida
casa-das-rosas-ramos-de-azevedoa Casa das Rosas, que foi preservada num acordo que a Prefeitura fez com o proprietário quando da construção do prédio que fica no mesmo terreno, era a casa de Ernesto Dias de Castro e também foi projeto do escritório Ramos de Azevedo  – a construção data de 1930 e esta foto é da década de 1970
colegio-rodrigues alveso Colégio Rodrigues Alves também é projeto do escritório Ramos de Azevedo, e fica na esquina da Rua Teixeira da Silva com a Avenida Paulista – esta foto é de 1919
paulista-antonio-fernandes-pintoEsta casa ainda está lá. Fica na Avenida Paulista entre as Ruas Padre João Manuel e Alameda Ministro Rocha Azevedo, foi a residencia de Joaquim Franco de Mello e foi construída em 1905 – o responsável pela obra foi Antônio Fernandes Pinto
paulista-augusto-friedEsta casa foi derrubada e só sobrou o terreno ainda com vegetação de porte. Ficava na esquina da Alameda Rocha Azevedo e era conhecida como Villa Fortunata. Foi um projeto de 1903 de Augusto Fried para o Alexandre Thiollier. Hoje a Prefeitura estuda fazer um parque público na área.
E o Parque Trianon? uma minúscula reserva de Mata Atlântica em plena Avenida Paulista, que mostra como era o planalto de Piratininga antes de nós derrubarmos tudo para construir essa São Paulo de barro, tijolo e concreto… Veja essas fotos.
trianonVista da Avenida sentido Paraíso a partir da esplanada do Trianon, local onde hoje é o MASP.
Foto de 1916
Durante a administração do prefeito Barão de Duprat (1910), foram adquiridos os terrenos do Parque Villon e do Belvedere Trianon – projeto de Ramos de Azevedo inaugurado em 1916 por Washington Luís. O Trianon com seu restaurante e confeitaria converteu-se no ponto de encontro da sociedade paulistana: bailes, homenagens políticas, carnaval e até o manifesto modernista. A partir dos anos 30 foi perdendo importância e lentamente foi sendo abandonado. Em 1951, abrigou o Pavilhão da I Bienal de São Paulo.
trianon-internoO pergolado do Parque – foto de 1925
O parque é uma área verde de 48.624 m2 remanescente da Mata Atlântica, no alto do Caaguaçu. Inaugurado em 1892 como Parque Villon, logo se transformou num elegante ponto de encontro paulistano. Nos anos 30, passou a se chamar Parque Tenente Siqueira Campos. As mais significativas intervenções foram as do arquiteto inglês Barry Parker e a de Burle Marx. Possui espécies nativas, diversas esculturas e foi tombado pelo Condephaat em 1982
corrida-de-automovel-trianonChegada em corrida de automóveis em 1924 em frente ao Parque Trianon
vista-do-trianonVista do centro da cidade a partir do Trianon (local onde hoje tem o vão do Masp)
foto de 1938
Nos anos 50 a avenida começou a mudar e no final dos anos 60 foi iniciado o alargamento da Avenida que fez com que as novas construções tivessem que recuar 10 metros em relação ao limite do lote. Foram tirados os bondes da Avenida e ela começou a adquirir a feição que tem hoje.
Nos anos 50 foram construídos os seguintes edifícios (fotos, a não ser que citada outra fonte, foram tiradas do site skyscraper onde foram postadas por RRC)
conjunto-nacionalConjunto Nacional – construído em 1956 é projeto de David Libeskind
648naesunidasEdifício Nações Unidas, construído em 1959 é projeto de Abelardo de Souza
painel-edificio-nacoes-unidasO edifício Nações Unidas tem um painel em azulejo do artista Clóvis Graciano
foto no Flickr de Luiz: São Paulo’s eyes
1196sainthonorEdifício Saint Honoré – construído em 1958 é projeto de Artacho Jurado
960pauliciaEdifício Paulicéia – construído em 1956 é projeto do escritório Aflalo & Gasperini Arquitetos e de Jacques Pillon
masp-pertoMASP – Museu de Arte Moderna de São Paulo
Com projeto de Lina Bo Bardi as obras se iniciaram em 1956 mas o museu só foi inaugurado em 1968
Nos anos 60 os edifícios comerciais começam a ser construídos na Avenida, que aos poucos vai se transpormar no grande eixo de negócios e bancário da cidade.
1938sulamericanoEdíficio Sul Americano, construído em 1962 tem projeto do escritórioRino Levi Arquitetos Associados
7265avenidaPalácio 5ª Avenida, construído em 1965 é projeto de Pedro Paulo de Mello Saraiva
E dos anos 70 em diante a avenida transforma-se no local dos grandes projetos de arquitetura, com edifícios que procuram se destacar uns dos outros, com projetos encomendados aos grandes escritórios paulistas.
torre-paulistaEdifício Torre Paulista construído em 1972
parque avenidaEm vermelho o Edíficio Parque Avenida, projeto de 1974 do escritório Aflalo & Gasperini Arquitetos
1313fiesppredio da Fiesp – construído em 1979 projeto do escritório Rino Levi Arquitetos Associados
1111citibank1Edificio do Citibank – construído em 1986 projeto de Croce, Aflalo & Gasperini
funcef-centerFuncef Center construído em 1987
149itaculturalEdifício Itaú Cultural, construído em 1992 projeto de Ernest Mange
Para saber mais sobre os edifícios da Avenida Paulista clique aqui
asp24_av_paulista
vista da avenida olhando no sentido Paraíso em seu aspecto atual
avenida-paulistaAvenida Paulista a noite mostrando o prédio do MASP á esquerda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário